quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Jogadores brasileiros desconhecem Hino Nacional

Desde 1958, o mundo sabe, que o Brasil é o país do futebol. Inegavelmente. Mesmo após o fiasco da Copa de 2006, ainda sim, estamos muito à frente dos nossos adversários.

Mas o que sempre me chamou a atenção foi o fato de que os nossos jogadores não conhecem a letra do Hino Nacional. O que digamos é vergonhoso.

Me lembro bem, do Dr. Socrátes, naquela maravilhosa seleção de 1982, era um dos poucos jogadores que cantavam na íntegra o hino. Então, imagino que, essa falta de conhecimento, deve vir desde os tempos do Zagalo, 1954.

Nas transmissões de hoje, a cerimônia é sempre a mesma. Os times entram em campo, alguns atletas dão entrevistas e lá vão todos eles perfilarem-se para a execução do hino.

De repente, a surpresa. Camêra vai, câmera vem, e o que vemos são rostos assustados com a proximidade dela. E tudo por que?

Porque eles simplesmente não sabem o que fazer, afinal de contas, desconhecem a letra.

Alguns ainda esboçam um movimento labial, que normalmente nada tem a ver com a composição. Outros olham para o outro lado, simulam concentração para o jogo, tudo para disfarçar a falta de conhecimento.

Tomemos como exemplo, "nuestros hermanos" sulamericanos. Eles não cantam o hino do seu país, eles berram. Sabem a letra de cor e salteado, de trás prá frente e dão exemplo de civilidade.

Em São Paulo, a coisa vai de mal a pior. Uma lei obriga a execução do hino antes de cada competição oficial, realizada dentro do estado. Domingo, durante a transmissão de Corinthians e São Paulo, foi possível contar os jogadores que acompanhavam a música.

Rogério Ceni e Richarlyson, ambos do São Paulo. São Caetano e Ponte Preta, jogo realizado no sábado, nenhum jogador cantou. Santos e Bragantino, também no domingo, só o goleiro Fábio Costa, do Santos. Um absurdo.

Mas o fato não se restringe apenas aos jogadores que atuam no Brasil. Nos jogos da seleção dificilmente vemos alguém, além de Dunga e Zé Roberto, que nem anda sendo convovado, acompanhar a letra.

Já que os clubes criam cartilhas com regras para os jogadores, acho que nela devia conter um livreto com a letra do Hino Nacional.

Com certeza seremos o país do futebol por anos e anos. Mas, em termos de amor à pátria e aos valores nacionais, ainda estamos muito distantes do resto do mundo.

2 comentários:

Alexandre disse...

Arrasou............isso mesmo, temos que denunciar estes jogadores que ganham milhóes e não sabem cantar. Nem sequer tem coragem de baixar da internet a letra do nosso glorioso hino. Vergonha!!!!
Esta matéria tem que ir pro AR o mais rápido....MOntanha

wm disse...

oi, marcos:
aproveito para, nesta postagem, deixar um comentário geral sobre o blog.
parabéns, cara!
matérias que mesclam informação e opinião; muito legal.
continue!
abraços
warde marx