quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Guga: a despedida de um mito

Costa do Sauípe, 12 de fevereiro de 2008, marcou o começo da despedida do maior tenista brasileiro de todos os tempos, Gustavo Kuerten, o Guga, do circuito profissional de tênis.

Tri-campeão de Roland Garros, 1997, 2000 e 2001, Guga é um daqueles ídolos eternos.

Ainda garoto, desconhecido de todos, em 1997, na conquista do seu primeiro torneio e, já de cara um Grand Slan, Gustavo Kuerten assombrou o mundo.

Dono de uma potente esquerda foi derrubando um por um seus adversários e acabou conquistando pela primeira vez o Torneio de Roland Garros. E também o coração dos franceses.

O feito se repetiu por mais duas vezes, até que Guga, se tornou o número 1 do mundo. Durante o tempo em que esteve em quadra foi considerado o Rei do Saibro.

E foi assim por muitos anos. Nos acostumamos mal. Um brasileiro vencedor no tênis, não aparece todos os dias.

Mas, infelizmente, duas cirurgias nos quadris, tirou nosso "manezinho" das batalhas. Há anos sofrendo com as dores, ele começou a marcar ontem, sua despedida oficial.

Após a derrota, ele pegou o microfone e falou emocionado ao público presente: ""Eu aproveito pra agradecer a vocês, e não é que eu não queira jogar mais. Desculpa, mas não consigo mais."

Guga, ainda deverá jogar alguns torneios até o final do ano. Mas, independentemente dos resultados, ele já pode se considerar um vencedor.

Parabéns Guga!!! E obrigado por tudo!!!

Nenhum comentário: